Mensagem do Dia Mundial da Normalização

14 de outubro de 2005

Mensagem da IEC, ISO E ITU 2005

 

Todos nós queremos viver em um mundo mais seguro e protegido. Entretanto, terremotos e furacões, enchentes, acidentes de transporte e domésticos, epidemias e desastres industriais ainda causam milhares de mortes e ferimentos todo ano e, além disso, provocam danos sociais e materiais.

Normas Internacionais são amplamente aceitas e reconhecidas como soluções de prevenção e resposta a estes problemas. O papel que as normas podem desempenhar na prevenção ou mitigação, tanto de perdas humanas como materiais, está sendo cada vez mais reconhecido e, como consequência, a utilização das normas também está aumentando.

“Normas para um mundo mais seguro” é o tema deste ano para o Dia Mundial da Normalização, a ser celebrado no dia 14 de outubro de 2005. As Normas Internacionais elaboradas pelas organizações internacionais líderes na normalização – International Electrotechnical Commission (IEC), International Organization for Standardization (ISO) e International Telecommunication Union (ITU) – promovem uma rede de segurança valiosa.

Os procedimentos e áreas de competência destas três organizações garantem que os maiores especialistas mundiais, provenientes da indústria, governo, universidades e sociedade, trabalhem juntos para elaborar Normas Internacionais que contribuam para um mundo mais seguro e protegido. Estas Normas Internacionais são então baseadas em duplo nível de consenso: primeiro entre as partes interessadas e depois entre os países.

A IEC, ISO e ITU oferecem um conjunto de milhares de normas internacionais, especificamente focadas em segurança e proteção, relacionadas a diversas áreas, como: Produtos, sistemas e cadeia de suprimentos globais; Tecnologias médicas e telemedicina; Medição dos efeitos da radiação nuclear ou emissões eletromagnéticas no corpo humano; Maneiras de monitorar o tráfego ilícito de materiais radioativos; Tecnologia biométrica para identificação de pessoas e proteção do acesso em áreas sensíveis; Comunicações efetivas depois de desastres naturais ou durante emergências; Segurança cibernética e proteção da integridade das redes de comunicação fixas e móveis.

As normas elaboradas pela IEC, ISO e ITU em nível internacional estão disponíveis para utilização nos níveis nacionais e regionais, por estarem de acordo com as necessidades sociais, de mercado e regulamentadoras. Elas contribuem na disseminação das melhores práticas e de novas tecnologias, e evitam novas barreiras ao comércio, decorrentes de procedimentos nacionais de proteção e de segurança que possam ser criados.

Para as tecnologias que envolvem eletricidade, eletrônica e tecnologias relacionadas, a IEC produz normas de produtos específicos (como, por exemplo, para baterias elétricas ou laptops), como também normas de sistemas (como, por exemplo, segurança elétrica funcional em sistemas de fábrica).

Normas de produtos permitem que os bens sejam certificados por normas de segurança reconhecidas internacionalmente. Medidas típicas de segurança incluem proteção contra choques elétricos, temperaturas excessivas e fogo, garantindo que o equipamento não tenha bordas afiadas ou peças que se desloquem, e também protegem contra os efeitos de emissões magnéticas no corpo humano.

Algumas das muitas áreas em que as Normas Internacionais ISO garantem segurança são as de construção, transportes, ambiente doméstico, locais de trabalho e edifícios, incluindo emergências, incêndios e sistemas de alarme. Há normas que colaboram com a proteção de motoristas e passageiros (tais como dispositivo de retenção para criança, freios com antitravas e airbags), bem  como com vários aspectos da segurança alimentar e qualidade (incluindo o novo sistema de gestão da segurança alimentar) e, por fim, normas de segurança para máquinas.

As normas ISO ajudam o mundo a se tornar um lugar mais seguro.