A assinatura do novo contrato visando à certificação da safra 2013/2014 acontecerá no Exponorma.

 

A diretoria da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e o Instituto Algodão Social (IAS) representado pelo seu presidente, o produtor Gustavo Viganó Piccoli, renovaram o contrato de parceria e prestação de serviços que visa à certificação e emissão do Selo Algodão Brasileiro Responsável para os produtores do Estado de Mato Grosso na safra 2013/2014. A assinatura acontecerá no dia 30 de outubro, às 15 horas, no Exponorma – Congresso e Exposição, evento que a ABNT promoverá em São Paulo, no Centro de Convenções Frei Caneca.

O IAS foi criado pela Associação Mato-grossense de Produtores de Algodão (Ampa) em 2005, como fruto da visão de seus associados sobre a importância de produzir o algodão de forma socialmente correta, com base nos pilares da sustentabilidade.

A parceria entre a ABNT e o IAS foi iniciada em 2007 e executada ao longo das safras seguintes com pleno êxito, tendo como norma o regulamento do Programa de Produção do Algodão de forma Socialmente Correta. Seus resultados positivos levaram a Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) a criar, em 2012,  o Programa Algodão Brasileiro Responsável (ABR).

Na safra 2012/2013, em um universo de 270 propriedades de Mato Grosso, 200 fazendas solicitaram certificação e 175 delas foram certificadas. Todas já foram auditadas conforme novos requisitos e percentuais de conformidade do  Programa ABR, focado na melhoria contínua. 

No programa ABR são verificados, nas fazendas e seus escritórios, os níveis de conformidade relativos a:

  •   Rotinas trabalhistas – Regularidade do Contrato de Trabalho;
  •   Proibição de trabalho infantil;
  •   Proibição de trabalho análogo ao escravo;
  •   Proibição de discriminação de pessoas;
  •   Liberdade de associação sindical e de negociação coletiva:
  •   Gestão de segurança, saúde ocupacional e meio ambiente do trabalho (NR 31);
  •   Agrotóxicos, adjuvantes e produtos afins;
  •   Meio ambientes e resíduos;
  •   Ferramentas manuais;
  •   Máquinas, equipamentos e implementos;
  •   Medidas de proteção pessoal - EPIs
  •   Instalações elétricas;
  •   Áreas de vivência: local de refeições – alojamento - avanderia  - instalações sanitárias e áreas de lazer
  •   Desempenho ambiental e boas práticas agrícolas

 

Os produtores do setor algodoeiro, de acordo com o diretor executivo do IAS Felix Balaniuc, estão empenhados em elevar o nível de gestão sustentável em suas fazendas para atenderem, em processo de melhoria continua, aos requisitos do programa ABR, resultando em uma elevação do nível de segurança jurídica em relação ao cumprimento das normas trabalhistas, de segurança do trabalho e ambientais, na melhoria da qualidade de vida de seus empregados e familiares, no aumento da produtividade e na consolidação da boa imagem social do algodão produzido em Mato Grosso junto ao mercado internacional. 

Com a renovação da parceria entre a ABNT e o IAS, a melhoria contínua e a boa prática das relações de trabalho e de sustentabilidade nas fazendas  produtoras de algodão de Mato Grosso continuarão evoluindo, tornando-se um exemplo da gestão moderna do agronegócio e o setor algodoeiro de Mato Grosso, um bom modelo  de empreendedorismo com responsabilidade social.

 

O Exponorma

 

Um dos objetivos do Exponorma é mobilizar a sociedade, conscientizando-a da importância da aplicação de normas técnicas em produtos e serviços, garantindo a competitividade das organizações e a segurança dos consumidores, entre outros aspectos. Este ano, o tema principal do evento é “Normas Técnicas asseguram uma mudança positiva”, o mesmo escolhido para celebrar o Dia Mundial da Normalização (14 de outubro), instituído pela World Standard Cooperation (WSC), formada pela International Organization for Standardization (ISO), pelaInternational Electrotechnical Commission (IEC) e pela International Telecommunications Union (ITU).

O Exponorma compreende um congresso, que destacará os temas Rotulagem Ambiental, Sustentabilidade e Segurança. Estão previstos ainda minicursos e palestras paralelas, que proporcionarão um melhor entendimento dos benefícios gerados pelas normas técnicas no cotidiano. Na área de exposição, Comitês Técnicos e organizações de variados perfis terão a oportunidade de demonstrar aos visitantes os seus casos de sucesso obtidos com a aplicação de normas técnicas.

As atividades do Exponorma acontecerão das 9h às 19h, à Rua Frei Caneca, 569, 4º andar, São Paulo. No encerramento, no dia 31, haverá a cerimônia de entrega do Prêmio ABNT de Excelência em NormalizaçãoA programação do congresso e dos cursos pode ser conferida em www.abnt.org.br/exponorma.

Participarão como expositores: a Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção (Abendi), Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Associação Brasileira de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (Abimo), Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (Abrafati), Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq), Associação Brasileira da Indústria de Ferramentas e Abrasivos (ABFA), Associação Nacional da Indústria de Material de Segurança e Proteção ao Trabalho (Animaseg), Instituto Aço Brasil (IABr), Instituto Brasileiro do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI/DCTA), Sindicato da Indústria de Artefatos de Metais Não Ferrosos no Estado de São Paulo (Siamfesp) e o Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças), que estará com dois estandes, sendo um para dividir com associados e o outro só para oficinas de reparação automotiva. 

São patrocinadores do Exponorma: Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Associação Brasileira do Alumínio (Abal), Associação Brasileira de Distribuidores e Processadores de Vidros Planos (Abravidro), Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobras), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a montadora Toyota.

 

Contatos com a imprensa:

Denise Lima – 11 99611.7381 - e-mail: denise.lima@abnt.org.br

Oficina da Palavra – 11 3289.2139

Visite: www.abnt.org.brwww.abnt.org.br/exponorma

Acompanhe:  Facebook (Abnt Normas Técnicas), Twitter (@abntoficial) e Linkedin (abnt-associação-brasileira-de-normas-técnicas).