Conclusão do documento baseado em norma brasileira deve acontecer em maio, em Buenos Aires, na próxima reunião anual do Comitê Técnico de Turismo da ISO.

A sugestão foi ousada: oferecer a norma brasileira ABNT NBR 15401:2014 - Meios de HospedagemSistema de Gestão da Sustentabilidade – Requisitos como base para a criação do documento internacional que unifica a norma de gestão da sustentabilidade para meios de hospedagem no padrão International Organization for Standardization (ISO). A etapa final do processo chega nos dias 7 e 8 de maio, na capital Argentina, quando os 99 países membros do ISO/TC 228 – Tourism and related services darão o aval para a conclusão e publicação da norma internacional.

Foram dois anos de trabalho e discussões envolvendo especialistas de 22 países, sob a coordenação de um brasileiro: Alexandre Garrido, coordenador eleito do ISO/TC 228 /WG13 – Sustainable Tourism, grupo criado para produzir o documento internacional. Ele esclarece que a homologação de uma norma ISO é um processo longo que costuma durar entre três e cinco anos, mas a nova norma acabou percorrendo um caminho que mostrou-se mais rápido que o normal.

A celeridade do processo mostra a eficiência do documento brasileiro, que já vinha norteando a gestão da sustentabilidade em hotéis e pousadas de todo o país desde 2004 e hoje cataloga diversos casos de sucesso. “Foram quatro reuniões desde a criação do WG-13: duas em 2016, na Malásia e no Rio de Janeiro; e mais duas no ano passado, na Cidade do Panamá e em Madri. Os representantes que vêm participando da discussão tem mostrado cada vez mais interesse em implementar a solução em seus países, pois perceberam que a norma, de fato, funciona e dá resultados para a hotelaria”, avalia o coordenador.

Garrido enfatiza que “o segredo da norma brasileira é que o meio de hospedagem trabalha a sustentabilidade sob a ótica da gestão do negócio e é voltada para o business, melhorando a gestão e fazendo o negócio ficar mais competitivo. Ao adotar as ações, o hoteleiro também melhora a experiência do turista e a norma mostra claramente as ações a serem implementadas”.

A norma internacional – Apesar de ter adiantado o prazo de conclusão em cerca de um ano, o processo de criação da nova norma, identificada por enquanto como ISO/DIS 21401 - Accommodation facilities -- Sustainability management system – Requirements seguiu o caminho obrigatório que toda norma internacional homologada percorre: a proposição e posterior aprovação da ISO, a instalação do grupo de trabalho – que começou com especialistas de 12 países membros e, atualmente tem 22 – as reuniões de avaliação de comentários enviados pelos países ao texto e as rodadas de votação para aprovar cada fase.

Com a aprovação final prevista para maio e a criação da futura norma ABNT NBR ISO 21401, a exitosa norma brasileira dá espaço ao padrão ISO, unificando mundialmente as recomendações para gestão de sustentabilidade nos meios de hospedagem. A expectativa é que o documento internacional leve cerca de cinco meses até a publicação final, chegando às mãos do público interessado em francês e em inglês – idiomas oficiais da ISO. A adoção do documento ISO no Brasil deverá ocorrer logo após a publicação oficial, na data provável de setembro.

Como a gestão da sustentabilidade pode ajudar um meio de hospedagem a tornar-se competitivo?

O trabalho começa com a definição dos impactos que a operação hoteleira gera nas dimensões ambiental, sociocultural e econômica. A partir disso, estabelecer os objetivos para minimizar os impactos negativos e/ou potencializar os positivos e começar a implantar práticas sustentáveis, monitorando as ações para avaliar os possíveis resultados. Se o hoteleiro identificar os impactos, estabelecer as ações e depois medir para ver se está chegando aos resultados propostos no plano de negócios, ele está fazendo a gestão da sustentabilidade.

“Quem percebe isso, vê que a norma ajuda a administrar o negócio, tornando-o sustentável”, ressalta Alexandre Garrido, sublinhando que a norma é uma ferramenta de gestão com visão moderna. “O hotel pode usar os resultados para melhorar a experiência do turista e a imagem perante a opinião pública e, com isso, dar mais visibilidade ao empreendimento, aumentar a taxa de ocupação e a rentabilidade e, consequentemente, a competitividade no mercado”, conclui.

ABNT/CB-054

No Brasil, o Comitê Brasileiro do Turismo é o responsável pela Normalização no campo do turismo (hotelaria, restaurantes e refeições coletivas, agenciamento e operação e demais funções do setor de turismo), compreendendo a normalização de serviços específicos do setor de turismo e de operações e competências de pessoal, no que concerne a terminologia, requisitos e generalidades. Atualmente possui Alexandre Sampaio como gestor e Alexandra Garrido como coordenador da Comissão de Estudos de Turismo Sustentável (ABNT-CE 54.0004.01), que faz parte do ABNT/CB-054. A participação nos Comitês Brasileiros e Comissões de Estudo da ABNT é voluntária e aberta a qualquer interessado.

Sobre a ABNT

A ABNT é o único Foro Nacional de Normalização, por reconhecimento da sociedade brasileira desde a sua fundação, em 28 de setembro de 1940, e confirmado pelo Governo Federal por meio de diversos instrumentos legais. É responsável pela elaboração das Normas Brasileiras (NBR), destinadas aos mais diversos setores. A ABNT participa da normalização regional na Associação Mercosul de Normalização (AMN) e na Comissão Pan-Americana de Normas Técnicas (Copant) e da normalização internacional na International Organization for Standardization (ISO) e na International Electrotechnical Commission (IEC), influenciando o conteúdo de normas e procurando garantir condições de competitividade aos produtos e serviços brasileiros, além de exercer seu papel social. Além disso, a ABNT também é um Organismo de Avaliação da Conformidade acreditado pelo Inmetro para a certificação de diversos produtos, sistemas e programas ambientais, como o rótulo ecológico e a verificação de inventários de gases de efeito estufa. 

Assessoria de Imprensa:

Monalisa Zia

imprensa@abnt.org.br

11 3017.3660