Resultado de parceria entre a ABNT e o Sindiplanos, o programa de certificação será lançado no próximo dia 25, em São Paulo.

O Selo de Qualidade Sindiplanos (SQS) será lançado no dia 25 de junho, às 9 horas, em evento na Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), em São Paulo. A iniciativa, destinada a disseminar as melhores práticas do mercado de corretagem de planos de saúde e odontológicos, trazendo mais transparência e profissionalismo ao setor, é resultado de parceria entre a ABNT Certificadora e o Sindicato das Corretoras de Planos de Saúde e Odontológicos do Estado de São Paulo (Sindiplanos).

As empresas serão avaliadas pela ABNT, como certificadora independente, atendendo a um programa que avaliará conhecimentos, habilidades e competências. Ao final do processo, as corretoras aprovadas receberão o Selo de Qualidade, um atestado de que adotam as melhores práticas de corretagem de planos de saúde e afins. O certificado terá validade de um ano e poderá ser renovado mediante auditorias anuais de manutenção.

“O Sindiplanos tem atuado como entidade “nucleadora” das melhores práticas do mercado de corretagem de planos de saúde e odontológicos, e irá declarar tais práticas na forma de um conjunto de requisitos, já que não existe Norma Brasileira para a padronização das atividades do setor”, informa Moacir Marques Pereira, diretor de Desenvolvimento Organizacional da Viva Saúde Consultoria e Corretora de Seguros e idealizador do programa de certificação.

Para se habilitar à certificação, a empresa deve ser associada ao Sindiplanos, atuar formalmente no mercado há pelo menos três anos e ainda comprovar atendimento aos seguintes requisitos: obrigações financeiras, fiscais e tributárias; adequações de instalações; adequações de organogramas; procedimentos ou fluxogramas para atividades críticas; controle de documentos físicos e eletrônicos; política de segurança de informações; código de ética/conduta; e relacionamento de mercado.

A conquista do Selo, entre outros fatores, deverá agregar maior credibilidade para as corretoras e, segundo Pereira, é interessante para todos os envolvidos, desde os beneficiários, operadoras até outras entidades de classe ou órgãos reguladores. “Além disso, a operação de uma corretora detentora do certificado certamente representará maior segurança para qualquer operadora, seguradora, administradora ou beneficiário, o que, no fim do ciclo, poderá ser mensurado por meio da redução de custos para todos, já que as melhores práticas tenderão a reduzir as despesas relacionadas à falta de qualidade e à não conformidade regulatória”.

Capacitação

Depois do lançamento formal do SQS, o Sindiplanos promoverá workshops de capacitação com suas associadas, com o intuito de divulgar as regras e os requisitos necessários para que uma corretora associada possa se candidatar à certificação. “Com esta capacitação os executivos do setor poderão iniciar um processo gradual de adesão, até que se sintam preparados para a auditoria de obtenção do selo”, afirma Moacir Pereira.

Na etapa seguinte, as corretoras candidatas e o Sindiplanos firmarão um contrato com a ABNT Certificadora, que então realizará as auditorias. De acordo com o idealizador do programa, esse procedimento terá o objetivo de verificar se a operação da corretora está em conformidade com os requisitos mínimos estabelecidos pelo Sindiplanos. Após a auditoria, se a ABNT atestar a conformidade, recomendará ao Sindiplanos a emissão do Selo.

 

Internamente, para avaliar o processo de candidatura, de engajamento e os resultados de auditoria para obtenção ou manutenção do Selo, o Sindiplanos contará com um comitê especificamente criado para a Direção do SQS. E para dirimir questões relativas a equívocos ou outros problemas durante ou após o processo de obtenção do SQS, o Sindiplanos contará com um conselho de mediação e arbitragem, também especialmente composto para este fim.

 

Moacir Pereira reforça que as empresas candidatas ao Selo não precisam, necessariamente, apresentar certificação de Sistema de Gestão da Qualidade, cujos requisitos são definidos, no Brasil, na norma ABNT NBR ISO 9001:2015, mas admite que são iniciativas que podem coexistir. “Em uma fase mais avançada, a empresa certificada também poderá trilhar o caminho da certificação ISO 9001, com apoio do Sindiplanos e certificação da ABNT”, ele explica.

 

O mercado de planos de saúde e odontológicos é amplo. Dados do sindicato apontam que cerca de 500 empresas estão aptas a participar do programa de certificação, entre elas, as 60 maiores plataformas de São Paulo.

 

Serviço: Lançamento do Selo de Qualidade Sindiplanos

Data: 25 de junho

Horário: 9 horas

Local: ABNT – Rua Conselheiro Nébias, 1.131, Campos Elíseos, São Paulo (SP)

 

Sobre a ABNT

 

A ABNT é o único Foro Nacional de Normalização, por reconhecimento da sociedade brasileira desde a sua fundação, em 28 de setembro de 1940, e confirmado pelo Governo Federal por meio de diversos instrumentos legais. É responsável pela elaboração das Normas Brasileiras (NBR), destinadas aos mais diversos setores. A ABNT participa da normalização regional na Associação Mercosul de Normalização (AMN) e na Comissão Pan-Americana de Normas Técnicas (Copant) e da normalização internacional na International Organization for Standardization (ISO) e na International Electrotechnical Commission(IEC).

 

Desde 1950, a ABNT atua também na área de certificação, atendendo grandes e pequenas empresas, nacionais e estrangeiras. A ABNT possui atualmente mais de 400 programas de certificação, destinados a produtos, sistemas e verificação de gases de efeito estufa, entre outros. A sociedade identifica na Marca de Conformidade ABNT a garantia de que está adquirindo produtos e serviços em conformidade, atendendo aos mais rigorosos critérios de qualidade. A ABNT Certificadora tem atuação marcante nas Américas, Europa e Ásia, realizando auditorias em mais de 30 países.

 

Assessoria de Imprensa

 

Monalisa Zia

imprensa@abnt.org.br
11 3017.3660

Air Jordan men