O atual mercado de trabalho vive em constantes mudanças e a importância de aprender sobre informações novas e de renovar os conhecimentos já adquiridos se faz presente em qualquer carreira. Não é diferente na corretagem imobiliária. O profissional precisa estar sempre atualizado e atento às mudanças que norteiam o seu ramo de atividade.  Para atender quem tem fome por aprimoramento profissional, o CRECISP promoveu o 1º Encontro de Corretores Avaliadores Mercadológicos (ECAM), no último sábado (27), no hotel Maksoud Plaza, na capital.

Um total de 631 corretores avaliadores participou do encontro que teve 10 palestrantes com larga experiência em temas referentes ao dia a dia da avaliação imobiliária. No encontro realizado entre 9 e 16 horas, os corretores de diversas regiões do estado de São Paulo tiveram a oportunidade de ouvir conceitos e técnicas essenciais para o desenvolvimento profissional e ainda tirar dúvidas com perguntas dirigidas aos conferencistas.

Nesta primeira edição, os palestrantes foram Ricardo Caires (Aspectos Práticos da Avaliação Imobiliária), Willer Osvaldo de Arruda e Willer Osvaldo de Arruda Filho (Avaliação de Imóveis Rurais), Carlos César Pinheiro da Silva (Avaliação de Imóveis para Loteamento), Gustavo Feola, Roberto Nicastro Capuano e Sergio Ferrador (Avaliação de Imóveis com finalidade de Estruturação Imobiliária), Gilberto Yogui e Rosangela Martinelli (Principais Desafios na Montagem do PTAM e escolha de Referenciais) e Andersom Bontorim (PTAM X ABNT NBR 14653).

A abertura do evento contou com a presença de Mário William Esper, vice-presidente e presidente eleito da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), e Mylene Comploier, promotora de justiça e coordenadora do Centro de Apoio Operacional à Execução (CAEX) ligado ao Ministério Público do Estado de São Paulo. Na apresentação de ambos foi mencionada a parceria dos órgãos com o CRECISP e também teceram elogios ao esforço contínuo do CRECISP em levar conhecimento específico aos corretores avaliadores, visando a busca da excelência.

Responsável pela escolha dos temas, o presidente do CRECISP, José Augusto Viana Neto, disse que o evento foi uma oportunidade para o corretor se desenvolver, adquirir novas habilidades e competências para atuar como avaliador. Com o avanço da tecnologia, Viana destacou que a atualização profissional passa a ter suma importância para profissionais que querem se destacar no mercado de trabalho, tão competitivo e acirrado.

"Os resultados foram extremamente positivos. Saio daqui bem satisfeito. Aprender é palavra de ordem. Espero que todos tenham aproveitado bastante", resumiu o presidente, no encerramento do ECAM.

Acordo ABNT e CRECISP

Criar normas e tornar-se uma referência idônea em qualquer segmento. Esse é um dos princípios básicos da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Por essa razão e com o intuito de estabelecer soluções que possibilitem a autodisciplina dos corretores no momento de realizarem a avaliação de imóveis, o Conselho regional de Corretores de Imóveis (CRECISP) assinou em abril uma importante parceria com a ABNT.

Na visão de Mario William Esper, a união de esforços entre as duas entidades trará grandes avanços ao setor. “O desenvolvimento de normas específicas vai incrementar a atividade de avaliação. Por meio dessa parceria, teremos apoio, treinamento e capacitação e conseguiremos revisar essa norma antiga de perícias e avaliações, contemplando os corretores de imóveis.”

O vice-presidente e presidente eleito da ABNT falou também sobre a confiança que esse acordo trará para a sociedade. “É um passo muito importante em prol da melhoria da produtividade, da segurança jurídica e do consumidor, que será atendido por um profissional certificado, que estará seguindo uma norma técnica acreditada pelo governo.”

O presidente Viana celebrou a parceria falando sobre a pacificação no mercado, no que se refere à valoração dos imóveis. “Existem inúmeras contestações na justiça que envolvem a questão do valor das propriedades. E, muitas vezes, os magistrados também encontram dificuldades ao analisarem o mérito dessas demandas, pela falta de conteúdo técnico relacionado. Com essa atualização das normas e a unificação de procedimentos que os corretores estarão autorizados a usar, haverá uma mudança muito positiva em nosso mercado.”

Viana também comentou a respeito da padronização do trabalho dos corretores. “As normas da ABNT já se consagraram como um selo de qualidade que diferencia produtos e serviços. Estamos certos de que isso vai valorizar ainda mais e trazer um reconhecimento ao profissional, destacando sua importância nessa cadeia produtiva do mercado imobiliário.”

Sobre a ABNT

A ABNT é o único Foro Nacional de Normalização, por reconhecimento da sociedade brasileira desde a sua fundação, em 28 de setembro de 1940, e confirmado pelo Governo Federal por meio de diversos instrumentos legais. É responsável pela elaboração das Normas Brasileiras (NBR), destinadas aos mais diversos setores. A ABNT participa da normalização regional na Associação Mercosul de Normalização (AMN) e na Comissão Pan-Americana de Normas Técnicas (Copant) e da normalização internacional na International Organization for Standardization (ISO) e na International Electrotechnical Commission(IEC).


Desde 1950, a ABNT atua também na área de certificação, atendendo grandes e pequenas empresas, nacionais e estrangeiras. A ABNT possui atualmente mais de 400 programas de certificação, destinados a produtos, sistemas e verificação de gases de efeito estufa, entre outros. A sociedade identifica na Marca de Conformidade ABNT a garantia de que está adquirindo produtos e serviços em conformidade, atendendo aos mais rigorosos critérios de qualidade. A ABNT Certificadora tem atuação marcante nas Américas, Europa e Ásia, realizando auditorias em mais de 30 países.


Assessoria de Imprensa


Monalisa Zia

11 3017.3660

imprensa@abnt.org.br