A ABNT recebeu nesta manhã, representantes da Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento (Abrava) e do Sindicato da Indústria de Refrigeração, Aquecimento e Tratamento de Ar no Estado de São Paulo (Sindratar), para discutir a lei sancionada no dia 04 de janeiro, sobre a obrigatoriedade da manutenção de ar-condicionado em prédios de uso coletivo.

Na foto, da esquerda para a direita: Roberto Santos, gerente de Articulação Nacional da ABNT; Paulo Rosenthal, advogado responsável pelos assuntos jurídicos da Abrava/Sindratar; Viviane Nunes, gerente executiva do Sindratar; Arnaldo Basile Jr., presidente da Abrava; Pedro Buzatto Costa, presidente do Conselho Deliberativo da ABNT; Carlos Trombini, presidente do Sindratar; Carlos Santos Amorim Jr., diretor de Relações Externas da ABNT e Odilão Baptista Teixeira, diretor Adjunto de Negócios da ABNT.

Para saber mais sobre a lei, clique aqui.